Filme: Procurando Dory
Filmes | Séries | TV

Filme: Procurando Dory (Finding Dory – 2016)

28 de junho de 2016

Quando a vida decepciona, qual é a solução?
-Continue a nadar, continue a Nadar!

Olá!

Estreia esta semana, mas precisamente dia 30 de Junho o filme Procurando Dory🐟, e vou contar um pouco pra vocês, não o filme, o que achei do filme.😉

Filme: Procurando Dory (Finding Dory - 2016)

Bom, antes de começar o filme, tem um curta muito fofo “Piper” que conta a história de um filhotinho de maçarico esfomeado que se aventura a sair de seu ninho pela primeira vez para procurar comida no litoral, o único problema é que a comida está enterrada na areia onde ondas assustadoras vem dar na praia. No final deixo trailer pra vocês.

Filme: Procurando Dory (Finding Dory - 2016)

Piper, um curta exibido no começo do “Procurando Dory”.

Sobre Procurando Dory🐟 depois de 13 anos de “Procurando Nemo“, a Disney trás um filme apaixonante, não ele não é melhor que o do Nemo, mas a história é tão bem contada que parece que foi ontem que assistimos Procurando Nemo, eu adorei e vou levar a sobrinha para assistir, se Dory já era apaixonante e filosofia de vida para muitos, lembram-se quando as coisas não dão certo: -Continue a nadar, continue a Nadar! Agora você vai se apaixonar é muita fofura pra pouca tela de cinema.

Neste filme, pequenos segredos serão revelados, como Dory sabe baleiês, e finalmente conheceremos a história por trás desta adorável e apaixonante peixinha.

Filme: Procurando Dory (Finding Dory - 2016)

Acho que uma das continuações que não saímos frustados ou dizendo: -Nossa o primeiro foi melhor! São histórias paralelas que se completam, uma única coisa que sinto em desapontar, infelizmente não saberemos o que aconteceu com nenhum dos peixinhos que estavam nos saquinhos, porém nada mais justo que a Disney então vir com uma continuação. #FicaDicaDisney

Existe uma cena pós-credito, bem no final mesmo, tem que passar todas as letrinhas, que tem a cena com os peixinhos nos saquinhos, porém o que de fato acontece com eles fica aberto a nossa imaginação.

Aguardem sentadinhos, pois na cena pós-créditos aparece o que ocorreu com estes peixinhos do saquinho.

*Não, não vamos, nenhum destes personagens aparece na telinha!😢

E se você for assistir dublado, Marília Gabriela faz participação, praticamente amiga de Dory.🤔

Momento tiete, adoro cinema e como boa expectadora, sempre leio as críticas do Rubens Ewald Filho, na transmissão do #OscarNaTNT muitas vezes fico 😡 com ele, porém é um excelente crítico, não podemos negar, e pensa numa pessoa que sentou na mesma fileira do crítico no cinema pra assistir Procurando Dory, pois é, mas totalmente sem graça de falar que era fã do moço, tietagem só de longe.

Recomendadíssimo, é diversão garantida, o filme é pura fofura! E depois vem contar aqui pra gente se realmente foi muita fofura!

Beijos 😘 Isa Araujo!

Você viu nesta postagem (RESUMO):

  • Filme: Procurando Dory
  • Ano de lançamento: 2016
  • Título Original: Finding Dory
  • Duração: 100min (1h40min)
  • País: EUA
  • Direção: Andrew Stanton, Angus MacLane
  • Elenco de voz (inglês): Ellen DeGeneres, Albert Brooks, Ed O’Neill, Kaitlin Olson, Ty Burrell,
    Eugene Levy, Diane Keaton, Hayden Rolence entre outros.
  • Gênero: Animação, Comédia
  • Classificação etária: Livre
  • Distribuidor: Walt Disney Studios Motion Pictures
  • Sinopse: Procurando Dory (Finding Dory) se passa um ano após a jornada de Dory e Marlin cruzando o oceano para encontrar Nemo. Uma migração massiva de arraias passa por sua vizinhança, ativando a memória da Dory. Em uma tentativa de encontrar sua mãe e seu pai, Dory conta com a ajuda de três dos residentes mais intrigantes do Instituto de Vida Marinha (IVM): Hank, um polvo briguento que frequentemente dá um perdido nos funcionários; Bailey, uma baleia branca que está convencida que suas habilidades de ecolocalização não funcionam mais; e Destiny, um tubarão baleia míope. Navegando habilmente pelo intrincado funcionamento interno do IVM, Dory e seus amigos descobrem a mágica que existe em seus defeitos, sua amizade e família.
  • Crítica | Opinião:

*Imagens: Divulgação.

Compartilhe, Curta e Comente Comente
Artigo Anterior Artigo Posterior
    Cadastre seu e-mail e receba nossas atualizações:
     
    Siga Siga no feedly