Filmes | Séries | TV

Filme: Sombras da Noite (Dark Shadows)

8 de julho de 2012

Olá!!!

Tomei coragem e resolvi falar um pouco de filmes, apesar de já ter ensaiado minha opinião sobre filme na postagem do Esmalte Crepúsculo – La Femme, não sou crítica, mas sou cinéfila assumida, adoro um cinema, um bom roteiro, um ótimo ator, uma ótima fotografia e é claro uma boa conversa sobre filmes.

Hoje escolhi um filme que estreou recentemente com ator e diretor que amo, Johnny Depp e Tim Burton – Sombras da Noite (Dark Shadows). O filme é baseado em uma novela da década 1960, Dark Shadows de Dan Curtis – EUA.

Imagem: Divulgação.

Bom, eu gostei do filme e fã ainda do ator principal e do diretor, não poderia deixar de vê-lo nas telonas, porém é do tipo que não precisa ser visto no cinema. Pois é!!! venho falar do filme e escrevo que não precisa ser visto no cinema?!?! Calma… eu explico!!! O filme tem ótima produção, ótimo diretor e ótimos atores, acreditando que por isso tenha ido para as telonas e não direto para as locadoras, vale lembrar que o ganhador do Oscar de 2010 (Guerra ao terror) não foi para as telonas e sim direto para a locadora.

Deixei todo mundo com dúvidas, né! Devendo ou não assistir… pois bem… recomendo o filme, é divertido, distrai e como já escrevi, possui uma ótima produção. Você não sairá do cinema, ou se esperar um pouco mais pra alugar, arrependido de ter visto o filme.

O que venho notando nos filmes de Tim Burton e isso já em “Alice no País das Maravilhas”, quando estamos envolvidos na história de um personagem, do nada a atenção se volta para outro personagem, isso faz a gente se desprender do filme e talvez por isso o motivo de tantas críticas.

Apesar da parceria perfeita e que merece aplausos de Tim Burton e Johnny Depp, quem rouba a cena é a atriz Eva Green na pele da bruxa Angelique Bouchard, pois é, a bruxa perfeita, linda e maléfica, não tem como não sentir medo dos seus olhares, sorrisos e principalmente da sua expressão de voz, ela também é protagonista de uma das cenas “calientes” se assim podemos dizer e divertida. É tão notável sua presença que o romance/mocinha fica em segundo plano.

A trilha sonora segue o estilo anos 70 e não é pra menos grande parte do filme se passa na década de 70. Eu achei a fotografia do filme escura, fazendo às vezes o personagem se integrar ao fundo, principalmente Barnabas que tem uma maquiagem sombria.

Para vocês terem uma ideia do que estou falando.

Eu adorei, sempre bom ver o ator predileto nas telonas, né, aliás sempre bom ver um grande ator nas telonas, sou fã, dei-me desconto….

Espero que vocês tenham gostado do meu blá, blá, blá e fiquem com o trailer e algumas fotos extras.


Imagem: Divulgação.


Imagem: Divulgação.


Imagem: Divulgação.


Imagem: Divulgação.


Imagem: Divulgação.

Você viu nesta postagem:

  • Filme: Sombras da Noite
  • Ano de Lançamento: 2012
  • Título Original: Dark Shadows
  • Duração: 113 min
  • Nacionalidade: EUA
  • Diretor: Tim Burton
  • Atores Principais: Johnny Depp, Eva Green, Michelle Pfeiffer, Jonny Lee Miller, Chloë Grace Moretz, Gulliver McGrath, Helena Bonham Carter, Jackie Earle Haley, Bella Heathcote
  • Censura: 14 anos
  • Distribuidor: Warner Bros.
  • Sinopse: O diretor Tim Burton leva a clássica série cult “Sombras da Noite” para os cinemas em uma comédia gótica com um elenco repleto de estrelas, comandado por Johnny Depp, Michelle Pfeiffer e Helena Bonham Carter.

    No ano 1752, Joshua e Naomi Collins, com seu filhinho Barnabas, saem de Liverpool, Inglaterra, para começar uma vida nova nos EUA. Mas nem mesmo um oceano foi o bastante para fugirem da maldição misteriosa que atormentava a família. Duas décadas depois, Barnabas (Johnny Depp) tem o mundo aos seus pés, ou pelo menos a cidade de Collinsport, Maine. Dono da Mansão Collinwood, Barnabas é rico, poderoso e um playboy inveterado… Até que ele comete o grave erro de partir o coração de Angelique Bouchard (Eva Green). Angelique, uma bruxa em todos os sentidos, o condena a um destino pior do que a morte: o transforma em um vampiro e depois o enterra vivo.

    Dois séculos depois, Barnabas é libertado por engano de seu túmulo e entra no mundo bastante diferente de 1972. Ele volta à Mansão Collinwood para descobrir que a sua propriedade, outrora grandiosa, está em ruínas. Os integrantes problemáticos da família Collins que restaram se saíram um pouco melhor, cada um guardando seus próprios segredos sombrios. A matriarca Elizabeth Collins Stoddard (Michelle Pfeiffer) contratou a Dra. Julia Hoffman (Helena Bonham Carter) como psiquiatra em tempo integral para ajudá-la com os problemas de sua família.

    Também vivem na mansão o irmão preguiçoso de Elizabeth, Roger Collins (Johnny Lee Miller), sua filha adolescente rebelde, Carolyn Stoddard (Chloe Moretz), e o filho precoce de 10 anos de Roger, David Collins (Gulliver McGrath). O mistério vai além da família, incluindo o caseiro Willie Loomis, interpretado por Jackie Earle Haley, e a nova babá de David, Victoria Winters, interpretada por Bella Heathcote.

Fonte: Divulgação

Beijos

Compartilhe, Curta e Comente 12 Comentários
Artigo Anterior Artigo Posterior
    Cadastre seu e-mail e receba nossas atualizações:
     
    Siga Siga no feedly