Evento: Ariel na torcida pela Seleção Brasileira!

Rodrigo Faro, Sabrina Sato, Paloma Bernardi, Thiago Martins e o ex-goleiro Marcos “Atacando as manchas. Defendendo as cores“.

Ariel, a marca da P&G (Procter & Gamble) que evoluiu o jeito de lavar roupas, realizou um evento na Viver Casa & Gourmet, em São Paulo, para apresentar a sua nova campanha inspirada nas cores da Seleção Brasileira e que traz o slogan “Atacando as manchas. Defendendo as cores”.

O apresentador Rodrigo Faro comandou um quiz muito divertido de mulheres x homens, nos times compostos pela apresentadora Sabrina Sato e a atriz Paloma Bernardi, contra o ator Thiago Martins e o ex-goleiro da seleção Marcos e nós estávamos lá para cobrir este dia de evento divertido.

A partir deste mês, as embalagens de Ariel Líquido 1L e 1.8L e Ariel em Pó 1Kg ganham uma cara nova, na edição limitada que veste a camisa do Brasil. A campanha também terá vídeo digital com os garotos propaganda Rodrigo Faro e Fernanda Torres, anúncios em revistas, material de ponto-de-venda e uma promoção no Facebook.

Vou deixar vocês com as fotos do evento e espero que tenham gostado da novidade.

Aproveitando esta foto da Paloma Bernardi, muito foi dito na mídia sobre o efeito panda invertido em sua maquiagem, porém uma coisa que notei, só reage com o flash das câmeras.

Quando minha irmã (Ana) me mostrou as fotos, tomei o cuidado de não usar o flash, era a visão abaixo que tínhamos da maquiagem.

O grande vilão deste efeito acredito eu que tenha sido o “Prep + Prime Transparent Finishing Powder da MAC” (Um pó sedoso, quase invisível, para finalizar e dar acabamento para a maquiagem).

A atriz estava linda não se percebia na maquiagem (ao olhar) o efeito panda, somente ao bater o flash que infelizmente nitidamente onde foi colocado o pó ele se destacava, em suma, nunca use este pó se você vai ser fotografada, ele com certeza vai se destacar ao uso do flash.

Beijos

Compartilhe, Curta e Comente
Artigo Anterior Artigo Posterior
    CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES:
     
    Siga no Bloglovin | Siga no feedly